Escritório MVRDV cria edifícios conectados por volume com forma de nuvem

Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2011
left

Anexo entre os prédios terá 10 andares com apartamentos e mais de 14,3 mil m² de área de lazer


Mauricio Lima

O escritório holandês MVRDV projetou um novo edifício residencial de luxo que será construído em Yongsan, na Coreia do Sul. O "The Cloud" consiste em duas torres, com alturas de 260 m e 300 m, conectadas por um volume elevado com formato que lembra uma nuvem. Esse volume ficará localizado entre o 27º e 37° pavimento.

Além de apartamentos, o volume que conecta os dois edifícios terá mais de 14,3 mil m² de área para abrigar academia, sala de conferências, piscinas de diferentes tamanhos, restaurantes e cafés. Todos esses espaços se distribuem no entorno do átrio da "nuvem" que vai de um lado ao outro do volume. Sobre tudo isso, haverá uma série de espaços públicos e privados, como jardins, piscinas, pátios e decks. O acesso à "nuvem" será feito por elevadores especiais.

A colocação desses equipamentos em um espaço elevado permitiu a utilização do térreo para a implantação de jardins públicos, projetados pela paisagista Martha Schwartz.

As torres, que devem ser erguidas até 2015, terão 128 mil m² de área construída. O edifício mais baixo terá 54 andares, enquanto o mais alto contará com 60 pavimentos. O projeto será posicionado na entrada do Yongsan Dreamhub, com projeto urbanístico do arquiteto Daniel Libeskind para a região comercial da cidade de Yongsan.

Os apartamentos variam entre 80 m² e 260 m², com alguns duplex ou com pé-direito duplo. Com as plantas quadriculares, as torres terão quatro apartamentos por andar, com boas condições de iluminação e ventilação para todas as unidades. O acesso aos apartamentos será realizado por um lobby no pavimento térreo. Haverá também escritórios e apartamentos de hotel e 25 mil m² de apartamentos panorâmicos. Na cobertura, apartamentos de 1.200 m² terão jardins privados.







Palavra Chave:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

:::: NOSSOS PARCEIROS ::::